quinta-feira, 9 de abril de 2015

Padrões de Beleza


Essa é uma postagem muito importante para essa que vos escreve, eu sempre quis falar sobre esse assunto dos padrões de beleza por diversos motivos, um deles é que eu vivi e vivo com essa realidade, mas o principal motivo é por já ter tido em minha vida a triste surpresa de moças que me procuraram para pedir ajuda ou simplesmente para contar o quanto se sentiam infelizes e feias com seus rostos, corpos, cabelos... Mas o pior de tudo é que não havia nada de errado com elas.
Desde que somos pequenos convivemos com um padrão de beleza imposto, vamos crescendo com isso, ele pode mudar um pouco com o passar dos anos mas não deixa de ser exposto por todos os lados para que nossos olhos os vejam constantemente e para que não nos esqueçamos de como devemos parecer. E então quando chegamos em casa e nossos olhos observam o espelho se percebe que não somos nem se quer parecidos com aquilo que passamos a vida toda assistindo, então ficamos frustrados e querendo correr para uma clínica de cirurgia, a acadêmia, o salão de beleza, algum lugar ou alguém tem de dar um jeito na nossa imagem, precisamos nos parecer com aquelas fotos que nos perseguiram o DIA TODO por TODOS os lados, na televisão, internet, nos outdoors, nas propagandas de rádio, televisão, nas ruas, nas vitrines das lojas, em todo maldito lugar a imagem da mulher magra, de cabelos macios e geralmente loiros, com os seios em pé e de um tamanho bom, uma cintura fina, bunda arrebitada e todo aquele blá blá blá que vocês já conhecem, e não são só as mulheres que são vítimas do padrão, apesar de serem as mais hostilizadas, os homens também, fortes com barriga tanquinho, braços e pernas com músculos e de preferência que sejam altos. Agora me diga, não é isso o que vocês veem todos os dias ao sair passear, ao ficar em casa assistindo televisão, ao acessar a internet, ao caminhar na rua, ao fazer qualquer coisa que dê acesso a algum meio de comunicação? Tenho quase certeza de que 100% das pessoas me dirá a resposta SIM.
Eu acredito que a gente escuta e vê que estamos errados durante tanto tempo que começamos a pensar que realmente tem algo de ruim com nossa imagem, que temos que ir além da biologia e ter o corpo de uma modelo de 45 quilos que tem menos da metade do nosso tamanho e que provavelmente tem um biotipo que leva a magreza, a ser alta, etc. 
Quero deixar claro que meu intuito aqui não é denegrir a imagem das pessoas magras ou que seguem esse padrão, eu acho pessoas magras lindas, acho o padrão bonito, sim, mas não acho que ele seja a LEI UNIVERSAL para a beleza, essa beleza é relativa, cada um tem um corpo, cada um tem um rosto, um biotipo, cada um é um e ninguém pode ser igual, algumas pessoas até conseguem chegar no padrão imposto, outras não, as que não chegam ficam frustradas e amargas, pessoas que odeiam a si mesmas só porque alguém disse que o corpo/rosto/cabelo correto é "esse" ou "aquele", pessoas que ficam doentes, que querem morrer por não parecerem com a imagem de uma revista (que na verdade nem é real), pessoas que entram em depressão por ter alguns quilos a mais, por não ter o cabelo liso, por não ter os olhos azuis, por não parecerem com aquilo que foram programadas para ver a vida toda e que deviam parecer. É triste essa realidade, é triste perceber que isso é verdade, que vivemos isso, as "regras de beleza" fazem pessoas lindas pensarem que são feias, e isso é meio assustador e tão cruel. Se você não parecer com o que "deve" parecer está fora, é feio, é nojento, é um perdedor, você precisa ser como "todos" são, se parecer com o padrão de beleza imposto por alguém.
O que quero deixar claro aqui é: NÃO! Você não precisa ser igual, você não precisa copiar um livro, ter um peso "ideal", seguir uma dieta, ficar doente parando de comer, ou comendo para engordar, arrebentar seu corpo tentando fazer alguma coisa para se parecer com alguém, você é lindo (a), quer melhorar? FAÇA mas não com a obsessão de parecer com quem não é, seja você mesmo, inspire-se, ama-se, tenha uma boa saúde, e assuma a sua beleza da maneira que quiser não seguindo regras ou achando que há algo errado com você, a diversidade existe, e existe para ser admirada, então ADMIRE-SE, APRECIE-SE. <3 

Nenhum comentário:

Postar um comentário